A História das Alianças

Oi Pessoal

Vou contar a história das nossas alianças, que foram reformadas, com apenas 3 anos de casados.

Quando eu estava grávida da Bruninha, em um final de semana não consegui tirar a aliança do dedo, tanto tentei que meu dedo ficou super inchado e foi o maior dilema. Como não estava doendo, resolvi deixar a aliança no dedo mesmo; passado alguns dias, consegui retirá-la e passei a usá-la na corrente, junto com o pingente.

A Bruninha nasceu e foi para a UTI, enquanto eu em casa num domingo atoa, enfiei a bendita aliança no dedo, e quem disse que ela saiu do dedo, detalhe para eu entrar na UTI não podia ter aliança nas mãos. Assim eu e o papai fomos para o hospital, cheguei e mostrei para o médico, nosso tempo com a pequena era  tão curtinho que o Doutor me deixou entrar mas como uma condição, não colocar a mão esquerda dentro da incubadora. Acabado o horário de visitas, o doutor foi tentar tirar a minha aliança e não conseguiu, ele passou um tanto de fio dental no meu dedo, apertou até ficar super roxo, doeu demais, mas como ele era o médico, deixei. Depois de muitas tentativas, ele desistiu e me deu a grande notícia, CORTAR A MINHA ALINÇA, suspirei fundo, doeu o coração, mas dor maior era de não poder tocar a minha filha na UTI. 

Na manhã seguinte fui a uma joalheria e cortei a minha aliança, sem nenhuma neura, afinal a Bruna é a prioridade em nossa vida.

Foram longos meses sem aliança e sem anéis nos meus dedos.

Até que o Natal estava se aproximando e de presente eu pedi o conserto da bendita. Mandei numa outra joalheria, que para mim era conceituada, me enrolaram durante 3 meses e em um belo dia, eu daquele jeito, fui lá e desci do salto, afinal se eu estivesse devendo para eles 3 meses, o meu nome já está em todas as listas de inadimplentes. Peguei tudo de volta e levei para casa.

Para não ficar sem aliança, voltei a usar o anel de pedido de namoro que ganhei do Juninho, pasmem, mas ele foi em casa me pedir em namoro e me presenteou com um anel que mais parecia uma aliança. Era nosso primeiro almoço com a minha família e detalhe, meu aniversário, nossa no ano de 2.000.

Bem anel no dedo que parecia aliança o tempo passou, e eu só dizendo, quero arrumar minha aliança…

Até que se aproximou o dia 14 de março de 2013, 3 anos de casados, e meu pedido foi ALIANÇAS NOVAS.

Peguei a minha cortada, a do Juninho inteira, mais uns trequinhos que tinha em casa, levei na joalheria que não era da minha confiança, deixei na parte da manhã e na hora do almoço as benditas estavam prontas, lindas, radiantes, polidas que só vendo, mais grossas e mais a minha cara.

Assim, estamos de alianças novas, vou tira foto e posto para vocês.

Abraços

Renata

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s